Jornal metropolitano de Maringá

20131227

QUEREMOS AGRADECER NOVAMENTE

A vocês amigos leitores, que sempre estiveram conosco ao longo de mais um ano e aos que estão chegado a agora, pois dispensamos o mesmo  apreço e estima a todos. Obrigado aos amigos que recomendaram o Regional a seus amigos, pois hoje somos acessados até no exterior (quadro Google de estatísticas abaixo). Obrigado a vocês amigos da região, estado, do país e aos do exterior que diariamente acessam nossa página, e nos contatam  via e-mail e pelas redes sociais. Pois vocês são os responsáveis em fazer do Regional Express um dos melhores veículos on-line da região metropolitana de Maringá-Pr. OBRIGADO DE CORAÇÃO.

Obrigado aos parceiros (empresas e órgãos públicos) pela valorosa contribuição, pois vocês também são protagonistas deste sucesso obtido desde 2008.

Pessoalmente agradeço a DEUS pela oportunidade de fazer um Jornal sério, verdadeiro com credibilidade e ética, sempre levar informação sobre as ações governamentais que irão influenciar diretamente o seu dia-dia, este ano foram 493 postagens, chegar a vocês onde quer que estejam sem comprometimentos.  Não poderia jamais deixar de agradecer a minha esposa, pela valorosa contribuição, você também é responsável pelo sucesso deste Jornal. Obrigado.

Compromisso, respeito e ética sempre foi o norte de nosso projeto, que renovamos com vocês leitores que fazem e sempre farão parte da nossa história,

 OBRIGADO AMIGO LEITOR, MUITO OBRIGADO.  DESEJAMOS UM 2014 CHEIO DE SAÚDE, REALIZAÇÕES E FELICIDADES, QUE DEUS OS ABENÇOE.

  - Jornal Regional Express MG.

Operação Verão “Os policiais vieram até mim”, diz turista sobre pulseirinhas de identificação

                              Matinhos, 24 de Dez\ 2013,Entrega de Pulseirinhas em Caioba,Foto: Cabo Valdemir da Luz.

“No ano passado eu fui até os policiais buscar as pulseirinhas, agora eles vieram até mim e isso é muito interessante”. A afirmação é de Nilceia Aparecida Fagundes, mãe de três filhos, de Toledo, no Oeste do Estado, que está no Litoral com a família. Ela elogiou o trabalho desempenhado por policiais militares, que percorrem as praias para localizar crianças cujos pais esqueceram de apanhar a pulseirinha de identificação nos módulos, viaturas policiais ou nos postos de guarda-vidas.

A entrega da pulseirinha de identificação faz parte da série de serviços da Operação Verão, realizada pelo governo estadual, em parceria com os municípios do Litoral. Além do reforço no trabalho da segurança pública, a Operação Verão abrange serviços de saúde, saneamento, energia e meio ambiente – com intensificação de coleta e destinação do lixo e limpeza da areia.

Nilceia contou que estava na praia com seus filhos e o menino foi se distanciando. “Eu estava olhando, não tirava os olhos dele. Agora com a pulseirinha vou ficar mais tranquila, tem telefone, tudo certinho”, disse ela. Valmir de Lara, de Irati (Campos Gerais) também veio passar dez dias nas praias e disse que não abre mão da pulseirinha. “É muito importante porque o pessoal perde muita criança. Tem muita gente, principalmente no final do ano. Esse serviço é muito bom, vou procurar sempre”.

Ativista brasileira do Greenpeace já pode voltar para casa

Foto: ABr

A ativista brasileira Ana Paula Maciel, que esteve presa na Rússia por cerca de dois meses, obteve hoje (27) visto de saída do país e poderá retornar ao Brasil. De acordo com a organização não governamental (ONG) Greenpeace, os demais 25 integrantes do grupo, de outras nacionalidades, que também estavam detidos, receberam a autorização do Serviço Federal de Imigração russo para deixar o país.
No início de outubro, os 30 membros da tripulação do navio ambientalista foram acusados de atos de pirataria por tentarem subir em uma plataforma petrolífera de uma empresa russa próximo ao Ártico, em protesto contra a exploração de gás na região. Posteriormente, a acusação foi alterada para vandalismo. No fim de novembro, com o fim do prazo da prisão preventiva decretada pela Justiça, os ativistas foram libertados sob pagamento de fiança.
Segundo o Greenpeace, até o momento, sete já deixaram a Rússia e o restante deve partir neste fim de semana. Ana Paula embarca ainda hoje com destino ao Brasil. Ela segue para Porto Alegre, onde passará oréveillon com a família. A chegada da brasileira à capital gaúcha está prevista para as 11h de amanhã (28), no Aeroporto Internacional Salgado Filho.
Fonte: ABr

Com atraso, transferência de recursos de pisos da Assistência Social ocorreu este mês

Foto: CNM

A transferência de recursos para programas federais da Assistência Social, que deveria ter sido feita no início do segundo semestre deste ano, ocorreu apenas no dia 12 de dezembro. Esses repasses são referentes às competências de agosto e setembro de 2013, do Piso Básico Variável I (Projovem) e do Piso Variável de Média Complexidade (Peti). Conforme estabelece a Portaria 134/2013 do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), a verba foi direcionada às contas correntes específicas dos pisos.
Os valores dos repasses foram calculados da seguinte forma:
1.    PBV I – média de repasse do trimestre de abril a junho de 2013;
2.    PVMC – nos termos da Portaria 123/2012.
A equipe técnica de Desenvolvimento Social da Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que a Resolução 1/2013 do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) estipulava o início do novo repasse para o mês de julho. Mas, como não ocorreu, os Municípios ficaram, pelo menos, cinco meses sem receber. Com isso, tiveram que manter a oferta dos serviços com recursos próprios.
Para saber o motivo de o atraso na transferência do recurso, a CNM fez inúmeros contatos com o Fundo Nacional de Assistência Social. A entidade reivindicou diversas vezes uma solução para o problema e repassou aos gestores todas as informações prestadas pelo FNAS. Também sugeriu que os próprios gestores entrassem em contato com o órgão para tentar agilizar o pagamento do cofinanciamento federal.
Em função desse cenário, a entidade alerta: quando os Municípios pactuaram o Sistema Único de Assistência Social (Suas) assumiram um compromisso ético e social de ofertar os programas e os serviços sócio assistenciais, e os estão cumprindo investindo seus recursos próprios.
Todavia, a entidade ressalta que a Lei Orgânica da Assistência Social – Loas, 8.742/1993 – aponta que a gestão das ações na área de Assistência Social ficam organizadas sob a forma de sistema descentralizado e participativo, com o objetivo de consolidar a gestão compartilhada. Dessa forma, o cofinanciamento e a cooperação técnica também são responsabilidade da União e dos Estados.
De acordo com divulgação do repasse, os valores constantes dos termos de adesão ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculo (SCFV) seriam feitos na nova conta a partir do dia 16 de dezembro. Os recursos liberados pela Portaria 134/2013 são referentes ao trimestre de outubro a dezembro.
Fonte: CNM

20131222

Portaria altera valores da complementação da União ao Fundeb

Foto: CNM

Os novos valores do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), ainda para o ano de 2013, foram divulgados. Além dos valores, a Portaria 16/20136 – publicada no dia 18 de dezembro –altera as Portarias 1.496/2012 e 4/2013 e causa alteração na complementação da União ao Fundo.
Com a publicação da nova portaria, a estimativa da receita total do Fundeb deste ano reduziu de R$ 116,7 bilhões para R$ 111,1 bilhões. Consequentemente, reduziu a complementação da União ao Fundo de R$ 10,7 bilhões para R$ 10,2 bilhões e o valor mínimo nacional por aluno/ano dos anos iniciais do ensino fundamental urbano de R$    2.221,73 para R$ 2.022,51.
Além da queda na receita, essa redução do valor aluno/ano também resulta da retificação, por decisão judicial, das matrículas do Município de João Dourado no Estado da Bahia. 
Apenas nove Estados recebem a complementação. São eles: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí.
A Lei 11.494/2007 – que regulamenta o Fundeb - determina que no mínimo 85% da complementação sejam repassados até 31 de dezembro de cada ano. Os valores a serem repassados são calculados com base nas estimativas das receitas do Fundo. Já, os 15% restantes devem ser depositados em janeiro de 2014 para integralização da complementação dos recursos federais aos Fundos desses nove Estados.

Receita reforça fiscalização em vôos internacionais no fim de ano

Foto: ABr

A Receita Federal está reforçando a fiscalização nos três aeroportos com maior número de voos internacionais neste fim de ano. De acordo com balanço divulgado pelo órgão, o total de servidores nos aeroportos de Brasília, de Guarulhos (SP) e do Galeão (RJ) foi ampliado para lidar com o aumento do número de passageiros nesta época.
Em Brasília, a Receita aumentará em 17 o total de servidores até o fim de janeiro, elevando o total de funcionários de nove para 26. Desse total, sete já começaram a trabalhar em dezembro, e o restante entrará em serviço no próximo mês. No Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão - Antonio Carlos Jobim, o número de funcionários passou de 59 para 88 de dezembro a março, incremento de 29 profissionais.
O maior reforço está ocorrendo no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos - Governador André Franco Montoro, onde o número de fiscais aumentou em 65, passando de 55 para 120. Do total, 27 começaram a trabalhar em novembro e 38 atuarão no local de janeiro a março.

Limpeza das praias terá operação especial do Governo do Estado

Foto: Divulgação


O Instituto das Águas do Paraná, do Governo do Estado, começa segunda-feira (23) serviços de limpeza e recolhimento de lixo no Litoral, que vão beneficiar os mais de 10 milhões de veranistas que devem passar a temporada nas praias e cidades litorâneas. O volume de lixo é triplicado no verão e atinge picos superiores a 200 toneladas nos períodos de Ano-Novo e Carnaval.

A Operação Verão do Governo do Paraná será lançada oficialmente nesta sexta-feira (20), pelo governador Beto Richa, na Praça Central do Balneário de Ipanema, em Pontal do Paraná. Até 6 de março, serão feitos coleta de lixo, transporte e destinação final de resíduos sólidos, varrição de ruas e limpeza de praias e trilhas.

“As ações do governo no Litoral são fundamentais para que os veranistas valorizem os balneários paranaenses. Iremos realizar os serviços de qualidade para dar conforto, atrair ainda mais pessoas e, com isso, alavancar o turismo das praias do Paraná”, diz o presidente do Instituto das Águas do Paraná, Márcio Nunes.

20131205

Mais de um terço de brasileiros em cidades com mais de 15 mil habitantes sofreu crime ou ofensa

Foto: ABr

Três em cada dez brasileiros que vivem em cidades com mais de 15 mil habitantes dizem ter sofrido ao longo da vida algum dos 12 tipos de crimes ou ofensas contemplados na Pesquisa Nacional de Vitimização, divulgada hoje (5) pelo Ministério da Justiça. Além disso, dois em cada dez foram vítimas desses casos pelo menos uma vez nos 12 meses anteriores ao levantamento. Agressões e ameaças são os mais comuns, com 14,3% dos entrevistados tendo sofrido situações do tipo nesse período. Em seguida, aparecem relatos de discriminação (10,7%), furtos de objetos (9,8%) e fraudes (9,2%).
Além desses itens, também compõem o levantamento, feito pela primeira vez no Brasil, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), acidentes de trânsito (4,2%), roubo de objeto (3,6%), furto de carro (1,0%), ofensa sexual (0,8%), furto de moto (0,4%), roubo de carro (0,4%), roubo de moto (0,2%) e sequestro relâmpago (0,1%). Ao todo, foram entrevistadas 78 mil pessoas, em 346 municípios, no período de junho de 2010 a maio de 2011 e de junho de 2012 a outubro de 2012.
A pesquisa destaca que a maior parte das ocorrências relatadas se dá dentro da casa da vítima (38,3%) ou em locais próximos, como a rua onde mora (33,3%), seu bairro (14,9%) ou na garagem de sua residência (11,1%). Em geral, os casos mais comuns no ambiente doméstico são furto de objetos (53,9%), agressões (34,2%) e ofensas sexuais (21,7%). Furto e roubo de automóveis são mais frequentes na rua onde vivem (40,7% e 31,5%, respectivamente). O local de trabalho está mais associado à discriminação (20,5%), à agressão (15,3%) e ao furto de objeto (12,6%). Na maioria dos casos relatados, considerando todos os crimes e ofensas, não há uso de nenhum tipo de arma (72,5%) nem ferimentos (81,6%).

Destinação de veículos apreendidos pode ter novas regras

Foto: Marcello Cassal Jr\ ABr

Projeto de lei aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça aprovou da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 4 de dezembro, altera o modelo atual de destinação dos veículos apreendidos ou removidos e não reclamados por seus proprietários. A proposta aprovada é o substitutivo da Comissão de Viação e Transportes ao Projeto de Lei 2 145/2011, e alterações o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para livrar futuros comprador de leilão administrativo de eventuais débitos remanescentes do veículo.
O texto aprovado prevê também que os veículos abandonados em vias públicas ou nos pátios dos órgãos de trânsito sejam doados a instituições filantrópicas e conselhos tutelares. E estabelece a remoção de veículos em circulação apenas por conta de problemas técnicos para os quais não haja solução imediata ou não seja possível conserto rápido em oficinas.
No caso de remoção do veículo, o PL reduz o período de reclamação de direito sobre o bem de 90 para 60 dias, após o qual ele será encaminhado a leilão. De acordo com a matéria, a realização de leilão eletrônico caso o veículo não seja reclamado no prazo, abrangendo duas categorias: veículo conservado, que apresenta condições de segurança para trafegar; e sucata, quando não está apto a trafegar.

Médicos cubanos chegam á Paiçandu nesta sexta-feira


O município de Paiçandu recebe, nesta sexta-feira, dia 06 de dezembro, três médicos do Programa Mais Médicos do Governo Federal.

Depois de um grande esforço e dedicação à causa, o prefeito Tarcisio Marques dos Reis juntamente com o parceiro de nossa cidade, deputado federal Zeca Dirceu, conseguiu esse grande benefício para a cidade, visto que há grande necessidade de melhorias na área de saúde.

Os novos profissionais irão trabalhar 8horas diárias integrados ao Programa Saúde da Família (PSF)de Paiçandu e de acordo com as Diretrizes preconizadas pelo Ministério da Saúde que estabelece o mínimo de 4mil habitantes por equipe do PSF.

Assim a cidade de Paiçandu garantirá o atendimento em “atenção primária” para ½ da população por meio do Programa Mais Médicos, ou seja, 12mil habitantes serão contemplados de imediato.

“Essa conquista trará grandes benefícios para a cidade. Tenho contato com secretários de outras cidades onde o Programa Mais Médicos já está acontecendo e vejo que realmente a população ganha muito”, disse a secretária Municipal de Saúde Silvanir Sandrigo.

Pesquisa mostra que 72,9% dos estudantes estão com peso ideal


O Governo do Estado concluiu o mapeamento dos alunos das escolas públicas do Paraná, para melhorar saúde e qualidade de vida dos estudantes. O estudo apontou que 72,9% dos alunos paranaenses estão com o peso esperado, 22,8% com excesso de peso e 4,3% estão abaixo do peso considerado ideal. Dos estudantes que apresentaram excesso de peso 16% estavam com sobrepeso e 6,8% foram considerados obesos, de acordo com o índice de massa corporal.

O relatório foi realizado pela Secretaria de Estado do Esporte e Turismo do Paraná em parceria com as Secretarias de Estado da Saúde, da Educação, da Família e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, com os Conselhos Regionais de Medicina, de Educação Física, de Nutrição e de Psicologia, envolvendo centenas de profissionais de diversas áreas da saúde, educação e esporte.

Foram coletadas e analisadas, durante um ano, amostras de 17 mil alunos de 12 a 18 anos, de 361 escolas, em 94 municípios de todos os 32 Núcleos Regionais de Educação do Estado. O secretário estadual do Esporte, Evandro Roman, disse que os números preocupam e trabalho de conscientização junto aos alunos, pais e professores será inciado.

20131203

Alunos do curso técnico de Química aprendem com equipamentos de ponta

Foto: Hedeson Alves

Os estudantes que fazem curso técnico profissionalizante de Química têm novos equipamentos nos laboratórios das escolas estaduais. Desde julho, a Secretaria de Estado da Educação entrega novos aparelhos em 22 escolas do Paraná e deve concluir a renovação em fevereiro, antes do início do ano letivo.

Os investimentos fazem parte do programa Brasil Profissionalizado, do governo federal, com contrapartida do Governo do Paraná. Foram entregues novos aparelhos digestores, balanças de precisão, blocos digestores, destiladores de água tipo torre de bancada, estufas de esterilização e secagem, evaporadores rotativos e fotômetros de chama digital para análises.

Todos os equipamentos são os mesmos usados pela indústria química atualmente e proporcionam aos alunos aulas práticas com a mesma tecnologia que vão encontrar no mercado de trabalho. Os professores que trabalham nos laboratórios de química também passaram por cursos de treinamento para operar os novos equipamentos.

20131202

Conferência Nacional de Cultura termina com a definição de 64 diretrizes para o setor

Foto: Pref Arcoverde (PE)

O setor de Cultura terá 64 diretrizes a serem seguidas nos próximos anos. Elas foram elencadas por 1.745 pessoas - representantes públicos e da sociedade civil -, que participaram da III Conferência Nacional de Cultura. O evento ocorreu de 27 de novembro a 1.º de dezembro, em Brasília.
Dentre essas mais de 60 propostas, 20 serão prioridades na gestão cultural. Alguns destes destaques são: a aprovação de um mínimo constitucional a ser aplicado no setor; o fortalecimento das cadeias dos setores criativos, com intercâmbios; a inclusão nos planos orçamentários da União, Estados e Municípios de programas para desapropriação de imóveis inativos para que sejam aproveitados como espaços culturais.
Entre as metas estão também: a proposta de pelo menos 10% dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal para a Cultura; o fortalecimento do Fundo Nacional de Cultura; aprovação das Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 49/2007 e 236/2008, que incluem a Cultura como direito social dos brasileiros; a aprovação de Marco Regulatório das Comunicações no Brasil, do Marco Civil da Internet e a ampliação das políticas de editais.
Representantes municipais
As diretrizes foram votadas pelos 953 delegados oriundos dos 26 Estados. Esses delegados foram escolhidos no âmbito dos Municípios. O Nordeste teve o maior número de representantes na Conferência. A região teve 31% dos delegados, seguida do Sudeste, com 22%, Centro-Oeste, com 21%, Sul, com 12% e Norte, 9%.
Além das diretrizes, houve a aprovação de 104 moções durante a Conferência. Tratam-se de apelos feitos para melhorias da Cultura no Brasil. Entre os pedidos estão a eleição do Saci Pererê, personagem do Flocore brasileiros, para ser mascote da Paralimpíada de 2016.

Fonte: CNM

Prefeitos destacam ações municipalistas na gestão de Richa


A atenção dedicada pelo governador Beto Richa aos municípios é elogiada pelos prefeitos paranaenses. "O Beto vai ficar na história como um governo sensível e uma relação de confiança que não víamos no passado”, afirmou Lessir Canan Bortoli, prefeito de Renascença.

O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Luiz Sorvos, prefeito de Nova Olímpia, reforça o perfil municipalista do governo do Estado. “É um governo em que os prefeitos confiam e estão abertos para uma grande parceria”, disse.

Sorvos destacou ações em favor dos paranaenses como o Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM), que atende cidades com menos de 50 mil habitantes com recursos a fundo perdido. “O programa contempla a grande maioria das necessidades das prefeituras e mostra que o governador é realmente municipalista”, disse.

“Este governo não faz distinção e atende a todas as cidades, independente do seu tamanho. Os investimentos são fundamentais para os pequenos, que tem pouca arrecadação própria”, disse Juraci da Silva, prefeito de Jardim Olinda, o menor município do Paraná, com 1.400 moradores. Richa foi o primeiro governador na cidade em 40 anos.

20131114

Tecnologia traz agilidade e transparência na autorização para obras em Caxias do Sul (RS)

SXC.hu

O planejamento urbano em Caxias do Sul (RS) ganhou reforço com um Sistema Municipal de Urbanismo Web, o SMUWeb. Com o investimento em tecnologia, a prefeitura consegue oferecer mais comodidade e praticidade, com menos burocracia, àqueles que procuram a aprovação de projetos para construir no Município.
Caxias do Sul tem uma demanda de um milhão de metros quadrados por ano. Aproximadamente 1,2 mil projetos neste período. A ferramenta ajuda na gestão e no registro das construções. E, com economia, pois executa a atividade que antes dependia do trabalho de servidores públicos. Agora, os documentos necessários para se conseguir a permissão para a obra são emitidos automaticamente pelo SMUWeb, inclusive a emissão de taxas a serem pagas.
O Sistema é aberto para todos os engenheiros e arquitetos cadastrados na prefeitura. Assim, os profissionais podem acompanhar a tramitação dos projetos via internet, e em tempo real. Todos os pedidos possuem um extrato de processo. A qualquer sinal de irregularidade, não é preciso ir até a prefeitura para ter conhecimento, apenas para apresentar as correções. E algumas delas podem ser feitas também em ambiente virtual.

Ferryboat vai transportar 800 veículos por hora na temporada de verão

Foto: Jonas Oliveira\AENPr
Durante a temporada de verão e nos feriados o ferryboat que faz a travessia de pedestres e veículos de Matinhos para Guaratuba, no Litoral do Estado, funcionará com capacidade máxima. Aproximadamente 800 veículos por hora serão transportados pelas cinco balsas da concessionária Travessia de Guaratuba, responsável pelo serviço.

A estimativa é que transitem no Litoral mais de 150 mil veículos nas festas de fim de ano, e que mais da metade deles utilizem o ferryboat. Por isso, além de funcionar simultaneamente, algumas embarcações foram reformadas e ampliadas para aumentar a capacidade de transporte.

As balsas Piquiri e Guaraguaçu, por exemplo, ganharam mais 12 vagas cada, aumentando a capacidade de 48 para 60 veículos. Também foram ampliadas a área de passageiros das embarcações Sônica e Rainha de Guaratuba, que passaram a ter assentos e coberturas.

Varejo cresce 11,9% em setembro e obtém melhor resultado do Sul e Sudeste no ano

Foto: Divulgação

O faturamento real (descontada a inflação) do comércio varejista paranaense aumentou 11,9% em setembro, na comparação com o mesmo mês de 2012, e no acumulado do ano alcançou o melhor desempenho das regiões Sul e Sudeste, com crescimento de 6,8%. A média nacional cresceu em 7,6%, no mês, e 3,6% no ano, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada nesta quarta-feira (13).

Em setembro, a venda de eletrodomésticos aumentou 22,5%, seguida pela de veículos, motocicletas, partes e peças (18,8%); livros, jornais, revistas e papelaria (18,5%); móveis (17,2%); artigos farmacêuticos e de perfumaria (14,6%); materiais de construção (13,4%) e artigos de uso pessoal e doméstico (12%).

No índice acumulado de janeiro a setembro de 2013, o bom resultado foi influenciado pelos setores de combustíveis e lubrificantes (11%); artigos farmacêuticos e de perfumaria (10,5%); artigos de uso pessoal e doméstico (10,1%); eletrodomésticos (9,4%); veículos, motocicletas, partes e peças (8,8%); livros, jornais, revistas e papelaria (8,2%) e material de construção (7,5%).

20131107

Exame da OAB revela qualidade das universidades estaduais

Foto: Divulgação

O curso de Direito da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em Francisco Beltrão, obteve, em âmbito estadual, o segundo maior percentual de alunos aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Foram aprovados 18 dos 23 estudantes que chegaram à segunda fase, totalizando percentual de 78,26% de aprovação. O maior percentual de aprovação no Estado foi da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que chegou a 80,29%.

A Unioeste ficou em quinto lugar entre as universidades públicas do País. No geral, as universidades estaduais conseguiram média de aprovação de 64,28%, bem acima da média nacional de 28,7%. No Paraná, 7.995 pessoas se inscreveram para fazer o exame e 2.629 passaram da segunda fase. Isso corresponde à aprovação de 32,88% dos paranaenses inscritos.

O curso de Direito da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) em Jacarezinho também ficou entre as dez instituições de ensino superior do Brasil com maior percentual de aprovados no exame da OAB. O resultado de 78,13% de aprovação na segunda fase do processo destacou o curso da UENP em sexto lugar do Brasil em número de aprovações e terceiro no Paraná. 

Áreas de preservação: autonomia para Municípios foi aprovada por Comissão

                                                 Foto:Geraldo Magela/Agência Senado

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado aprovou a autorização para que os Municípios determinem o tamanho das Áreas de Preservação Permanente (APPs) em âmbito urbano. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 368/2012 foi votado na manhã desta quarta-feira, 6 de novembro. A matéria foi sugerida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).
De acordo com o texto, os governos municipais terão autonomia para dizer qual a largura das faixas das áreas marginais a cursos d’água nas APP’s urbanas. A regra atual está prescrita no Código Florestal, portanto, se aprovada, esta será a primeira modificação feita na legislação ambiental – Lei 12.651/12.
A justificativa da autora, senadora Ana Amélia (PP-RS), é de que cada Município possui uma peculiaridade no espaço urbano, e por isso, uma regra para todos é inviável. O PLS indica que o tamanho das APP’s urbanas deve constar nos planos diretores municipais e em leis sobre uso e ocupação do solo. Para isso as regras da defesa civil e audiência dos Conselhos Estaduais e Municipais de Meio Ambiente devem ser respeitadas.
Análise do Congresso
O Projeto de Lei do Senado 368/2012 será encaminhado ainda para o aval das Comissões de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). Esta última vota a matéria em decisão terminativa, sem que seja preciso votação no plenário. Depois disso, a proposição segue para a Câmara dos 
Fonte: CNM

Campanha educativa do Paraná ganha Prêmio Profissionais do Ano


O filme Trote, produzido pela Secretaria da Comunicação Social para alertar a população de que ligações telefônicas para a Polícia Militar com falsas denúncias são consideradas crime, foi o vencedor nacional na categoria Institucional do prêmio Profissionais do Ano, da Rede Globo.

É a primeira vez que o Governo do Estado ganha uma disputa nacional tão relevante. A peça paranaense concorreu com outros 118 anunciantes de todo o País. O anúncio dos vencedores do 35º Profissionais do Ano foi na noite de terça-feira (5), em São Paulo.

Criado em 1978, o Profissionais do Ano é principal prêmio da publicidade brasileira. Três categorias nacionais são premiadas anualmente: campanha, mercado e institucional.

“O Profissionais do Ano é uma conquista importante, que reconhece um trabalho sério e criativo feito pelo Governo do Paraná para levar informação relevante à população, com campanhas educativas e informativas”, afirma o secretário de Estado da Comunicação Social, Marcelo Cattani.

ROTEIRO - Produzido pela Master Roma Waiteman, o filme mostra cidadãos comuns atendendo a um telefônico público. Do outro lado da linha, uma mulher, desesperada, pede ajuda, dizendo que sua casa está sendo invadida. Ao saber que os apelos são brincadeira – na verdade, ela estava com medo de ratos, que entraram na casa – os cidadãos se mostram revoltados. 

Vacina brasileira contra o HIV começa a ser testada em macacos


Começaram nesta semana os testes em macacos da vacina contra o HIV, que está sendo desenvolvida pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em parceria com o Instituto Butantan. Os quatro animais começaram a ser imunizados com a vacina que contém partes do vírus. Depois, os macacos receberão um vírus modificado que causa o resfriado como parte dos estudos para desenvolver o imunizante.
Segundo Edecio Cunha Neto, um dos pesquisadores responsáveis por conduzir o projeto, o diferencial da vacina é usar partes do vírus que não se alteram. “Um dos grandes problemas de se fazer uma vacina contra o HIV é que ele é hipervariável”, ressalta ao explicar que o genoma do vírus pode varia até 20% entre dois pacientes. “Nos componentes que nós escolhemos para colocar na vacina estão somente as regiões mais conservadas do vírus, ou seja, aquelas que não variavam de um HIV para o outro”, destacou.
Além de ter pouca variação, as partes do vírus foram selecionadas por provocarem forte reação no organismo da maioria das pessoas. “Nós fizemos o que chamamos de desenho racional, para embutir dentro da nossa vacina mecanismos para que ela fosse capaz de dar uma resposta que funcionasse para os HIVs mais variados possíveis e que funcionasse em um número grande de pessoas”.
Após os testes com os quatro animais, serão feitos experimentos com um grupo de 28 macacos e três tipos de vírus diferentes, todos modificados com partes do HIV. “As combinações desses três vírus são, até hoje, as melhores combinações para gerar respostas imunes potentes em primatas. Então, o que a gente vai fazer é escolher, de quatro combinações diferentes, aquela que deu resposta mais forte. E usar essa combinação para teste em humanos”, detalhou o pesquisador.

O Brasil tem mais de 268 milhões de linhas de telefonia móvel

Foto: ABr


De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), existem 268.266.822 milhões de linhas ativas na telefonia móvel no Brasil. Este dado é do mês de setembro. Como em agosto havia 268.440.423 linhas, esse dado mostra que 173.601 foram desativadas. Esse número confirma: há mais celulares do que habitantes no país.
Deste total, 78,78% ou 211,34 milhões são do sistema pré-pago. Portanto, os outros 21,22% ou 56,93 milhões de linhas são pós-pagos. Segundo a Anatel, 88,31 milhões dos acessos moveis à internet são por meio de banda larga e 552,63 mil são terminais 4G.
O maior número está registrado no Distrito Federal, que possui 220,04 linhas para cada 100 habitantes. A DF tem a maior teledensidade do país. Na outra ponta está o Maranhão, com 96,51 acessos móveis para cada 100 moradores.
No entanto o melhor mercado é em São Paulo, com 64.949.184 acessos móveis ou 24% do total de todo o Brasil. Lá a teledensidade é de 153,63 celulares para cada 100 habitantes.
Fonte: CNM



Levantamento mostra mudança na emissão de gases de efeito estufa no Brasil

Foto: ABr
mudança no perfil das emissões brasileiras de gases de efeito estufa de 1990 a 2012. Apesar de ainda ser a principal responsável pelas emissões, a mudança do uso da terra, item relacionado ao desmatamento, está agora em um patamar muito próximo da poluição gerada pelos setores de energia e agropecuário.
Em 1990, o Brasil emitiu 1,39 bilhão de toneladas de gás carbônico, sendo 815,8 milhões por mudanças no uso do solo. Em 2012, foi enviado para a atmosfera 1,48 bilhão de toneladas do poluente, 476,5 milhões ligados ao desmatamento. Apesar do crescimento das emissões brutas no período ser apenas 7%, a evolução da geração de poluentes é irregular e chegou a registrar elevações expressivas, como os 2,85 bilhões de toneladas verificados em 1995.
“A redução do desmatamento na Amazônia nos últimos anos acaba tornando a contribuição do setor de uso da terra menor em relação ao que era registrado anteriormente, quando a gente tinha cerca de dois terços das emissões vindos desse setor”, ressalta o  secretário executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittl. O observatório reúne 35 organizações não governamentais e da sociedade civil interessadas nos efeitos das mudanças climáticas. “Hoje, a gente tem uma participação muito maior da agropecuária e do setor de energia, nos quais as emissões estão crescendo significativamente, e isso representa uma mudança do perfil de emissões”, completa.

20131106

Mais da metade das moradias irregulares brasileiras estão em áreas planas


Mais da metade das moradias irregulares brasileiras (52,5%), como favelas e invasões, estão em áreas predominantemente planas e 51,8% têm ruas como principais vias de circulação interna. A maior parte dos domicílios nessa situação está na Região Norte, sobretudo, nas áreas metropolitanas de Macapá (83,5%) e de Belém (99,6%).
Os dados fazem parte da Pesquisa Censo 2010 – Informações Territoriais: Aglomerados Subnormais, divulgada hoje (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo classifica de aglomerados subnormais o conjunto de, no mínimo, 51 unidades habitacionais carentes de serviços públicos essenciais, em terreno de propriedade pública ou particular, em geral, de forma desordenada e/ou densa. De acordo com o Censo, 3,2 milhões de domicílios particulares permanentes ocupavam 6.329 aglomerados subnormais em uma área de 169,2 mil hectares.
Para a pesquisadora do IBGE Maria Amélia Vilanova Neta, o estudo desmistifica a ideia de que a maioria das comunidades carentes do Rio de Janeiro está localizada em morros e encostas. “O que é disseminado no país é que favela está associada a áreas de encosta e, no Rio de Janeiro, observamos que esse padrão não é unânime. É interessante que a pesquisa mostra que o padrão nacional não é o que estamos acostumados a ver”, explica. A pesquisa identificou quase 210 mil moradias irregulares em terreno plano, 96,5 mil em colinas e cerca de 72,2 mil em encostas.

Marco Civil da Internet será discutido em comissão geral da Câmara nesta quarta-feira

SXC.hu

Nesta quarta-feira, 6 de novembro, o Plenário se transforma em comissão geral a partir das 9 horas, para debater o marco civil da internet (PL 2126/11, do Executivo). O projeto tramita em regime de urgência constitucional e tranca a pauta das sessões ordinárias.

O relator da matéria, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), defende a permanência no texto do conceito de neutralidade de rede. Com isso as operadoras de telecomunicações são impedidas de oferecer aos usuários pacotes com serviços diferenciados conforme o quanto se paga – por exemplo, só com e-mail, apenas com acesso a redes sociais ou incluindo acesso a vídeos.
 
A votação estava prevista para a semana passada, mas o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), decidiu adiar a análise da matéria pelo Plenário para assegurar um tempo maior de discussão dos pontos mais polêmicos do relatório de Molon. A comissão geral desta quarta-feira faz parte desse esforço.
 
Nesta terça-feira (5), os líderes partidários decidiram adiar novamente a votação da proposta. A intenção é votá-la na próxima semana.
Fonte: CNM

20131105

Paraná inova com criação de sistema de prevenção de desastres naturais

Foto: Divulgação

A Rede Paranaense de Monitoramento Hidrometereológico (REPAMH) vai colocar à disposição, em breve, de dados, em tempo real, das previsões meteorológicas, do monitoramento do nível dos rios em todas as bacias hidrográficas do Paraná e da quantidade de chuva. A Rede integra o Programa de Fortalecimento da Gestão de Riscos e Desastres Naturais, lançado no mês de junho pelo governador Beto Richa.

O programa é coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente e desenvolvido em parceria com a Mineropar, Simepar e Coordenadoria da Defesa Civil. A criação da Rede caminha paralelamente com a instalação de novos equipamentos adquiridos para aumentar a capacidade de monitoramento dos fenômenos climáticos, a prevenção e o alerta aos desastres naturais. Foram investidos R$ 53 milhões com recursos do Banco Mundial. Os dados que serão emitidos pelos novos equipamentos vão integrar a rede.

"Este investimento significa levar mais segurança para a população, sobretudo para as pessoas que ainda vivem em áreas frágeis”, afirmou o governador Beto Richa.

De acordo com o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida, a criação do programa foi uma necessidade apontada pelas alterações climáticas e o aumento na frequência dos eventos extremos no Estado, como fortes chuvas, ventos, granizo e tempestades elétricas. "Era necessário investirmos na modernização do sistema de monitoramento, prevenção e alerta de desastres naturais no Paraná e criarmos uma rede integrada de monitoramento em cada uma das instituições envolvidas para garantirmos o seu andamento de forma permanente e é nisso que estamos trabalhando", afirmou Cheida. 

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA PREVENÇÃO AS DROGAS


Ministério da Saúde concede registro provisório a 111 profissionais do programa Mais Médicos

Selo Mais Médicos

O Ministério da Saúde concedeu registro provisório a mais 111 médicos com diploma estrangeiro do Programa Mais Médico. A lista com os nomes e os municípios onde os profissionais vão trabalhar está em portaria publicada na edição de hoje (5) do Diário Oficial da União.
A portaria também determina a expedição de carteiras de identificação aos profissionais. De acordo com o Ministério da Saúde, até que fiquem prontos os documentos produzidos pela Casa da Moeda, os médicos vão receber uma declaração com autorização para exercer a medicina exclusivamente no âmbito do programa.
Na última sexta-feira (1°) o ministério já havia publicado no Diário Oficial uma lista com a concessão provisória de registro a 1.269 médicos com diploma estrangeiro e as cidades onde farão o atendimento.

Frutas, legumes e verduras serão rastreados para fiscalização do uso de agrotóxicos

Foto: MDA
Pesquisa divulgada na semana passada mostrou que 29% dos alimentos pesquisados em 2012 e 36% em 2011 tinham irregularidades em relação ao uso de agrotóxicos. Em função desse cenário, foi criado um grupo de trabalho para discutir formas de rastrear a distribuição de frutas, legumes e verduras em todo o País.
 
A medida tem por objetivo definir normas que possibilitem a realização de um mapeamento dos produtores destes alimentos para facilitar a fiscalização do uso de agrotóxicos. A meta do grupo é implementar ações e estratégias que garantam a rotulagem e a rastreabilidade de produtos de origem vegetal in natura dispostos para o consumo humano em toda a cadeia de distribuição e comercialização.

  
O Grupo de Trabalho sobre Rastreabilidade – criado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – é composto por representantes do órgão e de Vigilâncias Sanitárias estaduais e municipais. Além disso, poderão ser convidados especialistas e representantes de outras instituições para colaborarem com o trabalho.
Fonte: CNM
  

Pesquisa da CNT mostra que Paraná tem as melhores rodovias do Sul do Brasil

Foto: Jorge Woll
A agricultora Analicia Perin afirma que está mais seguro percorrer a PR-509, que liga Colombo a Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. A estrada está sendo totalmente restaurada pelo Governo do Paraná. Diariamente, ela vai de Colombo ao Ceasa, em Curitiba, levando a sua produção.

A PR-509 faz parte do pacote de melhorias em rodovias estaduais, que está recuperando mais de 12 mil quilômetros de estradas. “Faz dois anos, que as pistas estão lisinhas, com isto não sofro mais com buracos, que prejudicavam o ajuste do meu caminhão ou destruíam minhas rodas”, elogia a agricultora.

Recente pesquisa da Confederação Nacional de Transporte (CNT) aponta que o Paraná tem as melhores estradas do Sul do Brasil e a terceira melhor malha rodoviária do País, atrás de São Paulo e Rio de Janeiro. A CNT classificou que 62,8% das rodovias estão em boas e ótimas condições e 21,9% regulares.

“O Paraná investiu pesado nos últimos três anos para recuperar a malha rodoviária estadual, que estava muito danificada. Com isso, está diminuindo o custo Brasil, reduzindo a manutenção do setor de transporte”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística José Richa Filho.